segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Restauração de um raríssimo Amplificador Western Electric

Este post é para quem gosta de raridades, raridades raríssimas raras!

Chegou até nós para restauração e reparo um raríssimo amplificador Western Electric KS-16575 L1. Este é um aparelho bastante raro, é dificílimo inclusive encontrar informações sobre ele na internet (podem tentar rs.... não se acha nadinha sobre eles... exceto algumas poucas páginas em japonês).

Vou contar um pouco sobre estes amplificadores, para que vocês conheçam um pouco já que na internet não se acha nada. Estes equipamentos foram criados e projetados pela Western Electric no final da década de 50 para uso industrial, tanto em telefonia como repetidores ou para sonorização de ambientes internos (fábricas, auditórios, grandes empresas, etc.). Estes aparelhos, apesar de projetados pelas Western Electric, foram fabricados sob encomenda por outra gigante do áudio: a McINTOSH. Este amplificador possui apenas 10Watts de potência, mas opera em Classe A, ou seja, possui uma qualidade de áudio fantástica, como não podia deixar de ser, sendo resultado de duas gigantes do Áudio Vintage. Amplificadores como estes eram presos a racks de instrumentação, com controles frontais a mostra para sua operação.

Os KS-16575 L1 são aparelhos mono, e recebemos um par para restauração.

Dados escritos no Amplificador



Um dos amplificadores durante restauração

É possível perceber pelas fotos que estes aparelhos não possuem conectores RCA, banana ou spade para conexões de entrada e saída de áudio. O motivo para isso é bem simples: são amplificadores para uso industrial, e todas as conexões são feitas por cabos internamente, através de borneiras com parafuso.

Borneiras internas para conexão

Quem conhece a REGENCE AUDIO, sabe que somos maníacos por originalidade. Afinal, todos estes equipamentos foram fabricados e projetados para possuírem uma certa sonoridade, e possuem um valor histórico por terem marcado época do início da indústria do áudio. Vemos por aí inúmeros restauradores que não se preocupam com originalidade: só querem deixar o equipamento bonito e funcional, a fim de atrair a atenção de possíveis compradores desavisados que não têm conhecimento técnico suficiente para avaliar o real estado do equipamento. Já passou por nossas mãos aparelhos com componentes colados com cola quente, e uma pintura externa muito bonita, mas totalmente não original e sem primer, ou seja, sem qualidade alguma.

Vale reparar que estes aparelhos antigos costumam ter a data e fabricação impressa em seu interior. Neste Wstern Electric, encontramos a data de 13 de Agosto de 1962! É um item histórico e colecionável, que só pode ser restaurado por pessoas criteriosas e cuidadosas, ou todo o valor do item acaba sendo perdido.

Data de fabricação do aparelho

No caso deste Western Electric, optou-se por manter toda a pintura (que é original) e todas as conexões originais, fazendo-se apenas a troca de componentes que necessitavam troca, por equivalente antigos. Na maioria das vezes importamos EXATAMENTE o mesmo componente New Old Stock. Quando isso não é possível usamos componentes de mesmas composições e características elétricas: por exemplo, se um capacitor de papel em óleo antigo precisa ser substituído, usamos outro equivalente, de mesma composição (papel em óleo). Isso preserva ao máximo a sonoridade e as características que o projetista original vislumbrou quando do projeto do aparelho.

O primeiro componente que precisava de reforma ou troca era o capacitor eletrolítico multi-seção da fonte. Nós SEMPRE optamos por tentar restaurar estes capacitores, através de um lento processo de carga, descarga e recarga com corrente monitorada, através do uso de uma fonte de alta tensão e um Datalogger industrial da Keysight Agilent 34970A. É um processo que nos toma de 5 a 10 dias POR SEÇÃO do capacitor. No caso de um capacitor com 4 seções, o processo de restauração pode levar até 40 dias... mas o resultado é fenomenal. No caso destes Western Electric, optamos por recuperar todos os eletrolíticos de fonte usando este método. No fim da recuperação cada eletrolítico foi testado com uma tensão 10% superior a máxima especificada e a corrente de fuga ficou abaixo dos 80 uA (micro Amperes), ou seja, resultados melhores que a maioria dos capacitores eletrolíticos modernos disponíveis no mercado. Este é um processo de restauração muito demorado e que ninguém quer fazer... mas é a melhor forma de se manter a originalidade de um aparelho raro, conforme foi solicitado pelo proprietário dos aparelhos. Vale lembrar que, no entanto, nem sempre esta recuperação é possível, e é essencial que a troca seja feita caso os testes de performance indiquem que o componente não terá muita vida útil. Mais importante que a originalidade é a segurança de operação e durabilidade do reparo, sempre!


Capacitor eletrolítico original

Vista interna durante a restauração

Troca da lâmpada pilot queimada e instalação do jewel faltante


Em sua parte frontal, estes Western Electric possuem controle para operação, incluindo dois atenuadores de passo para controle preciso do volume. Ao desmontar os controles, confesso que esperava ver resistores de precisão ligados às chaves de onda, mas todos os resistores usados eram de carvão e muito comuns à época. Por experiência, já sabia que estes resistores costuma sair de tolerância, e resolvi testá-los um a um.

Atenuadores de passo

Por mais inacreditável que possa parecer, todos resistores estavam dentro de tolerância! Isso é uma ótima notícia, pois a troca por resistores de precisão em metal filme ou óxido, apesar de melhorar a precisão de funcionamento dos atenuadores, com certeza influenciaria a sonoridade final, o que não seria tolerável conforme pedido do cliente. Mais uma vez, originalidade total mantida.

A escolha das válvulas também foi feita a dedo. Somente usou-se válvulas NOS.

Válvulas New Old Stock

Por fim, cada aparelho foi montado, passou por todos os testes de nossa bancada e foram ouvidos por 12h, permanecendo ligados por 36h ininterruptas para se garantir o pleno funcionamento. Ao final deste período, todos os testes em bancada foram refeitos a fim de se ter absoluta certeza que tudo continuava dentro dos parâmetros esperados.

Restauração terminada

O par de aparelhos já está finalizado e agora segue para seu dono, que com certeza desfrutará de muitas horas de boas audições nesta raridade.

Agora vamos ao próximo porque a fila para restaurações está enorme!!

4 comentários:

  1. Seu post faz o leitor voltar no tempo! Parabéns pelo post e trabalho realizado no aparelho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mateus,

      Obrigado pelas palavras e pela visita a nosso Blog! Faço esse tipo de trabalho diariamente, mas muitas vezes o tempo é curto para postar tudo!

      Grande abraço!

      Excluir
  2. These are WE products (parts) but assembled by McIntosh. They sounds beautifully just like WE124 if you put all WE 350b , 274b tubes on it. Very expensive now.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yes, exactly. They are pretty expensive but certainly worth their value considering how good they sound :)

      Thanks for your comment!

      Excluir