terça-feira, 14 de julho de 2015

Momento DIY - Caixas Open Baffle Electro Voice

E agora uma postagem um pouco diferente... desta vez resolvemos criar uma caixa DIY Open Baffle, usando componentes famosos da Electro Voice.

Sempre li sobre as caixas Open Baffle pela internet e sempre tive curiosidade de ouvir um par. Como gosto de me aventurar fazendo tudo eu mesmo, decidi que talvez fosse hora de fazer minha primeira caixa Open Baffle.

Antes de começar, tive que comprar algumas ferramentas rs... percebi que precisaria de uma tupia, para fazer o rebaixo do falante! Caixas Open baffle são simples de serem feitas, mas é necessários fazer cortes precisos e um rebaixo bem acabado.

Os falantes escolhidos foram da década de 60:
  • Electro-Voice SP15 Woofer
  • Electro-Voice T350 Tweeter
Os tweeters T350 são considerados, nada mais nada menos, que os melhores tweeters de todos os tempos! Se não acreditam, basta pesquisar na net e acharão milhares de informações e reviews. Como não poderia deixar de ser, infelizmente os T350 são um tanto quanto raros e acredito existirem poucos exemplares no Brasil, sendo que a maioria está em SP, na casa de alguns amigos nossos.

Para a confecção da caixa, usou-se MDF de 21mm e o primeiro passo foi fazer o corte e o rebaixo do Woofer:


Corte e rebaixo para o Woofer

Em seguida, foi feito o corte para o tweeter T350 e foram instalados os pés e abas laterais ajustáveis, com dobradiças. Uma proteção também foi confeccionada para os woofer SP15, usando-se tecido ortofônico e fita de cobre:

Montagem dos componentes

 O corte para a instalação do tweeter T350 foi feito usando-se uma serra tico-tico:

Corte para tweeter T350

Agora que já temos a caixa neste estágio, partimos para as audições e a confecção e ajuste do crossover. Foram muitas horas agradáveis de audição para se chegar ao projeto final. Na foto a seguir a caixa já encontra-se tocando. É possível ver também que já foi dado o acabamento final nas abas laterais.

Audições preliminares

Em seguida foi instalada uma tela frontal com tecido ortofônico e dado o acabamento final a toda a caixa.

Acabamento final

Agora era só ouvir por muitas horas e aproveitar! As caixas ficaram muito bonitas e a sonoridade é única. Percebo porque caixas Open Baffle se tornaram tão populares... é uma questão de paixão: ou você ama ou as odeia! Eu confesso que apesar de terem graves menos pronunciados e precisos, a reprodução de vocais é simplesmente deslumbrante!


Caixas prontas e tocando em nosso espaço!

Por enquanto é tudo pessoal! Grande abraço e vamos ver se não fomentamos o DIY em áudio neste nosso País!


Um comentário:

  1. Amigo, achei muito interessante o topico! Gosto muito de fazer minhas proprias coisas tambem.
    Gosto muito de som e entrei pro meio "hi-end" recentemente. Tenho lido muito e pesquisado bastante.
    Gostaria de ter um meio de contato contigo para que se pudesse, me ajudar a entender mais sobre a fabricacao de Crossovers e a entender a dinamica de termos tecnicos usados na aplicacao de construcao de caixas de som.
    muito obrigado, parabens pelo site e iniciativa!
    Att
    Pedro Carolo!
    abs

    ResponderExcluir